Make your own free website on Tripod.com

Monte Sinai

 
A Vindoura Aniquilação do Povo Palestino - A Casa de Esaú

 

http://www.cuttingedge.org

 

Obadias 15-18 prediz a aniquilação pelo fogo de toda uma nação, a Casa de Esaú, que são os palestinos atuais, liderados por Yasser Arafat. Israel possui armamentos desenvolvidos com tecnologia de ponta e pode cumprir essa profecia precisamente.

 

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

 

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia a dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Nota Especial: Não sentimos nenhum prazer em informar que a aniquilação dos palestinos está prestes a ocorrer, conforme profetizado em Obadias. Sentimos o mesmo que Deus diz na Bíblia "Pois não tenho prazer na morte de ninguém, diz o SENHOR Deus. Portanto, convertei-vos, e vivei." [Ezequiel 18:32]

Entretanto, como os eventos mais calamitosos na história mundial estão iminentes, as pessoas quererão saber o por quê. A verdade é que um Deus justo estará executando seus juízos, exatamente como disse que faria, há 2.500 anos. Que as pessoas vejam o cumprimento dessa profecia e convertam-se a Jesus Cristo, para que sejam salvas!

Resumo da Profecia: Obadias 15-18 - Marcada para o fim dos tempos, pois o verso 15 inicia com estas palavras, "Porque o dia do SENHOR...". Deus sempre usa essas palavras para indicar profecias referentes ao fim dos tempos, e aqui não é exceção. Vamos revisar essa profecia em detalhe, para que nossa discussão posterior tenha fundamento.

"Porque o dia do SENHOR está prestes a vir sobre todas as nações; como tu fizeste, assim se fará contigo; o teu malfeito tornará sobre a tua cabeça. Porque, como bebeste no meu santo monte, assim beberão de contínuo todas as nações; beberão, sorverão, e serão como se nunca tivessem sido." [versos 15-16]

"Mas no monte de Sião haverá livramento; o monte será santo; e os da casa de Jacó possuirão as suas herdades. A casa de Jacó será fogo, e a casa de José chama, e a casa de Esaú restolho; aqueles incendiarão a estes e os consumirão; e ninguém mais restará da casa de Esaú, porque o SENHOR o falou." [versos 17-18]

Os três versos finais [19-21] detalham como Israel se expandirá para possuir a terra que Deus prometeu aos patriarcas. Essa terra inclui o Líbano, parte da Síria, dois-terços da Jordânia [as províncias de Moabe e Edom] e o deserto de Negueve. Quando Israel expandir suas fronteiras após essa guerra contra os palestinos, egípcios, sírios e jordanianos, não somente vencerá, como também enviará suas forças armadas para ocupar toda a terra que Deus prometeu aos patriarcas.

No entanto, Deus também fará a purificação do Monte Sião por meio dessa guerra. Observe no verso 17, que Deus diz: "Mas no monte de Sião haverá livramento; o monte será santo; e os da casa de Israel possuirão as suas herdades." O único modo de o monte de Sião [o monte do Templo] tornar-se santo aos olhos de Deus é que o Domo da Rocha islamita seja removido! Agora, esse conceito é muito interessante, pois o Plano da Nova Ordem Mundial para produzir o Anticristo prevê exatamente essa destruição do Domo da Rocha [veja os detalhes lendo o artigo N1404, "Arafat´s Blunder on CNN May Have Revealed an Arab Plot do Ignite the Middle East Conflagration by Bombing Their Own Holy Places", disponível no site da The Cutting Edge].

Como o edifício pagão mais importante no monte Sião [o monte do Templo] é o Domo da Rocha islâmico, então a pergunta que vem imediatamente à mente é, "os árabes poderiam estar planejando explodir o Domo e lançar a culpa nos judeus, para unir instantaneamente um bilhão de islamitas em todo o mundo em uma guerra santa contra Israel?" Quando li o informe da CNN, retirei imediatamente da estante um livro muito importante da Nova Ordem Mundial que detalha como o Anticristo vai enganar o mundo. Em questões de segundos, localizei a passagem em que o Domo da Rocha é mencionado. Veja:

"Para que o Messias apareça, precisa ser criado. E criar o Messias... é tanto uma questão de humanidade quanto de divindade.... Sem dúvida existem muitos judeus.... que estarão dispostos a considerá-lo como seu longamente aguardado Messias. Alguns islamitas podem ter uma visão similar... pode ser possível ao novo Davi entrar montado em Jerusalém em toda sua refulgente majestade." Observe a expressão 'entrar montado em um jumento', conforme profetizado em Zacarias 9:9... seria aconselhável para o novo Messias repetir isso, com o jumento e tudo... O trajeto da procissão estará, é claro, diretamente após o ribeiro de Cedrom, o mais perto possível do Monte do Templo... ele precisará ser corretamente entronizado e ungido com azeite [um símbolo de Salmos 45:6-7] entre as ruínas do Domo da Rocha...." [The Armageddon Script (O Roteiro do Armageddon), pg 233-35]

O Anticristo receberá o reconhecimento de ser o Messias judaico quando estiver entre as ruínas do Domo da Rocha! Curiosamente, nossa pesquisa na propaganda palestina e na do grupo Hamas [organização palestina terrorista], revelou um fato inacreditável: Os propagandistas palestinos já estão preparando seu povo para a explosão do Domo da Rocha! Para verificar isso, vá para o site da Autoridade Palestina, no endereço http://www.palestine-info.net/alaqsa/willalaqsa.htm, onde encontrará diversos cenários relacionados sobre como os judeus explodirão o Domo [chamado de Al-Aqsa pelos árabes]. Portanto, o fato não somente está profetizado em Obadias, mas também pode ser verificado em fontes palestinas - Arafat em uma entrevista para a CNN em 7 de setembro de 2000, e agora no site oficial da Autoridade Palestina. Arafat provavelmente será o agente humano por meio de quem Deus cumprirá sua profecia em Obadias 17, que "No monte de Sião haverá livramento; o monte será santo". Arafat não percebe que vai purificar o Monte Sião, removendo o Domo da Rocha, tornando-o santo; ele acha que fará isso como um ato para unir instantaneamente toda a população islâmica do mundo e que Israel não poderá sobreviver à fúria que será liberada.

Como não crê na profecia bíblica, Arafat não sabe que está lutando contra o Deus Todo-poderoso, e será aniquilado, juntamente com todos seus aliados. Deus prevê esse tipo de matança em Zacarias 12:2-9, para que, no fim do período de sete anos da Tribulação, Jesus Cristo possa retornar para um Israel cristão, conforme profetizado no verso 10b.

Vamos retornar ao restante do texto selecionado em Obadias, verso 18, que forma a base deste artigo. "A casa de Jacó será fogo e a casa de José chama, mas a casa de Esaú será restolho; aqueles incendiarão a estes e os consumirão; e ninguém mais restará da casa de Esaú, porque o SENHOR o falou."

Essa profecia diz que a nação de Israel [as casas combinadas de Jacó e José] terão algum tipo de fogo criado dentro deles que subitamente explodirá e consumirá totalmente a casa de Esaú, em uma aniquilação total. Como uma arma lança-chamas não tem um alcance tão grande, podemos assumir que essa casa de Esaú deverá estar vivendo na proximidade de Israel no momento dessa conflagração.

No entanto, a questão principal é, "Quem é a casa de Esaú atualmente?" Alguns anos atrás, enviei uma mensagem de correio eletrônico à Embaixada de Israel perguntando quem eram os modernos descendentes da Casa de Esaú, se é que existiam. Alguns dias depois, recebi a resposta de um rabino, que me disse que os palestinos eram os modernos descendentes da Casa de Esaú. Esses palestinos viviam em Edom, um província da Jordânia e dentro de Israel sob a liderança de Yasser Arafat!

O Julgamento de Deus - Genocídio dos Palestinos Usando Israel como Instrumento

Essa profecia significa que os palestinos vão "queimar como restolho", serão consumidos por um fogo que explodirá a partir de Israel. É o que quer dizer a profecia bíblica! Agora que compreendemos exatamente o que essa profecia quer dizer neste período de tempo em que finalmente ocorrerá, temos várias questões, que relacionarei e discutirei em seguida.

  1. Qual tipo de arma Israel poderia possuir que aniquilaria 100% de uma população, e por meio do fogo?

  2. Se o julgamento de Deus é a aniquilação total a ser executada por Israel -- conforme profetizado em Obadias -- qual tipo de ação seria necessária para executar tal genocídio, e ao mesmo tempo proteger a população judaica?

  3. Que evento final sinalizará que esse genocídio está prestes a ocorrer?

Agora que temos as questões relevantes colocadas na mesa, vamos examiná-las em maiores detalhes.

1. Que tipo de armamento Israel pode ter que aniquilaria pelo fogo 100% de uma população? Pensei inicalmente na Bomba de Nêutrons, que Israel já admitiu que desenvolveu. Essa arma aniquilaria 100% de uma população humana, pois foi concebida para destruir a vida, bombardeando os corpos dos seres vivos com partículas de nêutrons, provocando a morte instantânea. No entanto, essa arma não mata pelo fogo, embora você possa argumentar que o estouro inicial que faz a ignição da bomba produza fogo. Entretanto, a morte não acontece por meio do fogo, e a leitura da passagem em Obadias parece implicar que a morte será pelo fogo.

Além disso, não é possível controlar o efeito do "vazamento" da radiação na explosão de uma bomba de nêutrons para que ela não afete seus próprios cidadãos. Esse fator é extremamente importante quando você lida com a concentração de populações dentro de um país pequeno, como Israel. Além disso, as cidades palestinas e judaicas estão localizadas muito próximas umas das outras. O "vazamento" da radiação parece descartar o uso da bomba de nêutrons.

Acreditamos que Israel possua as armas de Feixe de Plasma, ou Feixe de Partículas. Jerry Smith, o autor de Nova Era que escreveu HAARP: The Ultimate Weapon of the Conspiracy [HAARP: A Arma Definitiva da Conspiração] confirmou para mim, em uma mensagem de correio eletrônico em 1998, que uma arma de Feixe de Partículas poderia, realmente, provocar a aniquilação total de uma população. Ele disse que as forças armadas norte-americanas testaram essa arma na Guerra do Golfo, e essa é a razão porque tivemos poucas baixas, enquanto tantos iraquianos morreram. Hoje, esse armamento poderia ser montado em grandes caminhões, helicópteros, aviões de todos os tipos, e possivelmente nos tanques. No entanto, o Feixe de Partículas não mata pelo fogo.

O armamento nuclear tradicional poderia matar populações inteiras, e faria isso com "fogo"; no entanto, ninguém poderia controlar o "vazamento" da radiação, que também afetaria a população judaica. Esse fato parece descartar o uso de armas nucleares contra a população palestina; acreditamos que Israel usará armas nucleares contra os exércitos invasores da Síria, Egito e Jordânia. No entanto, não poderá usar essas armas para matar os palestinos, pois elas não são cirúrgicas o suficiente.

Entretanto...

Os Estados Unidos e Israel possuem uma arma de "Fogo" de destruição em massa, e acreditamos que é essa arma que Israel usará para executar o anúncio de condenação feito por Deus em Obadias 15-18. Essa arma chama-se "Bomba de Combustão Aérea" [Nota do tradutor: No original, aparece Fuel-Air bomb] e foi usada de forma devastadora durante a Guerra do Golfo. Na verdade, uma das mais vívidas imagens feitas na guerra, mostra uma longa coluna de veículos militares iraquianos totalmente destruida e carbonizada pela bomba de Combustão Aérea. Os soldados que estavam naqueles veículos ficaram totalmente carbonizados, muito além do ponto que permitiria o reconhecimento dos corpos. Os informes disseram que mais de 1.500 tanques, veículos blindados, jipes, ambulâncias e caminhões do exército iraquiano foram aniquilados por essas bombas de Combustão Aérea e os corpos dos soldados ficaram irreconhecíveis.

A bomba de Combustão Aérea opera de forma muito simples. "Os explosivos da combustão aérea formam misturas altamente gasosas que, quando detonadas, produzem mais explosão do que fogo. Por seu tamanho e peso, oferecem uma explosão muito maior que qualquer arma, exceto os artefatos nucleares; na verdade, a explosão pode imitar uma pequena explosão nuclear... Algumas são lançadas de aviões, outras de helicópteros ou de veículos terrestres."

[Fonte: http://www.bullatomsci.org/issues/1991/may91/may91walker.html]

Assim, se o objetivo é aniquilar toda a população de uma cidade em minutos, a bomba de Combustão Aérea seria a arma perfeita a empregar. Ela pode ser disparada de aviões, helicópteros, ou veículos terrestres, como diz a citação anterior. Assim, Israel poderia disparar essa bomba de Combustão Aérea a partir de várias plataformas, tornando-a assim mais provável que ela possa atingir todas as localidades-alvo ao mesmo tempo. As cidades palestinas explodirão como se tivessem sido atingidas por pequenos artefatos nucleares, mas serão totalmente destruídas pela explosão e pelo fogo, instantaneamente.

Voltemos ao artigo, para obtermos mais informações.

 

"... o artefato militar, chamado MAD FAE [Mass Air Delivery Fuel-Air Explosive], um nome muito apropriado, consiste de 12 contêineres de óxido de etileno ou óxido de propileno, que são adaptados em helicópteros. Os contêineres liberam uma nuvem de vapores altamente voláteis, que, quando misturados com o ar e detonados, podem cobrir uma área de mais de 300 metros e a pressão da explosão é cinco vezes maior que a do TNT. Uma unidade de superfície consiste de um veículo blindado com trinta tubos de disparo para foguetes Zuni de cinco polegadas, equipados com munições de combustão-aérea para detonar campos minados. Os arsenais americanos também incluem uma unidade que é lançada de aviões, de três cilindros de 100 libras [aproximadamente 46 Kg] repletas de óxido de etileno. Um fusível de proximidade detona os cilindros a nove metros do chão e dispersa uma nuvem de aerossol de mais de 2.500 jardas cúbicas de volume, que é detonada a alguns centímetros do chão. A explosão tem uma pressão de 300 libras por polegada quadrada e destrói tudo que estiver em um raio de 18 metros, matando tudo o estiver por perto, tanto acima quanto abaixo do solo. Uma das "favoritas do Corpo de Fuzileiros Navais" de acordo com um porta-voz anônimo do Pentágono, foi a BLU-82, conhecida como "Big Blue 82' ou 'Daisy Cutter, que foi usada pela última vez no Vietnã pelas Forças Especias Americanas, para limpar as áreas de pouso para os helicópteros. A bomba, de 15.000 libras [aproximadamente 7 toneladas], contém uma mistura aquosa de nitrato de amônia, alumínio em pó e polistireno. Ela somente pode ser lançada de um avião cargueiro, o Hércules MC-130, desce de pára-quedas e detona pouco antes de atingir o solo, produz uma explosão que excede 1.000 libras por polegada quadrada e desintegra tudo em um raio de centenas de metros. Ela pode ser usada para limpar campos minados ou contra tropas, ou para destruir aviões pousados e equipamentos."

Você pode ver uma ilustração animada de como essa bomba de Combustão-Aérea pode destruir pela explosão e pelo fogo. A ilustração é de um site da Marinha norte-americana, e demonstra a tecnologia de 1976.

Assim, você pode ver facilmente como essas armas poderiam ser usadas para devastar vilas e cidades palestinas inteiras. Desejamos reiterar que não sentimos nenhuma satisfação com essa profecia inacreditável de carnificina, mas muitas pessoas estarão avidamente procurando respostas, logo após essa carnificina ocorrer. Elas não precisarão procurar mais, depois que lerem a profecia de Obadias, pois a resposta correta está ali.

Vamos agora revisar a segunda pergunta.

2. Se o julgamento de Deus de aniquilação em 100% será executada por Israel, conforme profetizado por Obadias, que tipo de ação será necessária para executar esse genocídio populacional, e ao mesmo tempo proteger a população judaica?

Nunca me esqueço do choque que tive, em junho de 1990, ao comprar um exemplar do jornal The Jewish Press em uma banca no centro da cidade de Boston, pois trazia um editorial que chamou minha atenção como nenhum outro há muito tempo. Esse editorial dizia que a liderança política e militar de Israel tinha concluído que, na próxima guerra contra os árabes, Israel teria de aniquilar populações inteiras. O editorial explicava que a liderança israelense esta cansada de ser constantemente atacada pelos árabes e descobrir que as vitórias militares obtidas não resultavam em uma paz permanente, mas somente preparava o cenário para a próxima guerra. Os estados árabes poderão certamente obter ou desenvolver armas de destruição em massa mais cedo ou mais tarde, e usá-las para destruir Israel, mesmo se sofrerem enormes perdas eles mesmos. [Como os árabes na região são 270 milhões contra 6 milhões de judeus, eles podem admitir a possibilidade de enormes perdas apenas para obter a destruição de Israel.]

Portanto, o editorial concluia que a próxima guerra teria de resultar na completa aniquilação dos inimigos mais implacáveis, identificados como os palestinos, sírios e egípcios. Dois anos mais tarde, foi apresentado ao mundo o Processo de Paz de Oslo. Essa decisão da aniquilação pode estar relacionada com o Processo de Paz de Oslo? Essa conclusão pareceria contraditória a primeira vista, mas na verdade você pode ver o gênio diabólico dos Iluministas americanos e israelenses.

Os Acordos de Paz de Oslo afirmam literalmente que Israel chega à conclusão que, se ceder território aos palestinos, a existência pacífica e harmoniosa entre os dois povos poderia ser finalmente obtida. Essa crença ficou conhecida como "Terra em Troca da Paz" e, a despeito das advertências de políticos e militares proeminentes, essa série de concessões começou a ocorrer. Em 13/9/1993, o presidente Clinton patrocinou a famosa cerimônia na Casa Branca, em que o primeiro-ministro israelente Yitzhak Rabin e o presidente palestino, Yasser Arafat, assinaram o acordo e apertaram as mãos um do outro. O mundo parecia estar na beira da guerra ou da paz, mas a maioria das pessoas queria crer na possibilidade de paz.

Como Israel é um país pequeno, do tamanho aproximado do estado brasileiro de Alagoas, é difícil ceder território a um inimigo implacável que está dentro de suas fronteiras. O ex-presidente Nixon uma vez descreveu essa idéia como similar a um homem ter uma faca afiada a alguns centímetros do coração de outro homem. No entanto, Rabin era um general reformado do exército, de modo que certamente compreendia esses perigos. Como até hoje ninguém nunca acusou Rabin de ser louco, ele deveria saber algo sobre o Acordo de Paz de Oslo que nós não sabemos.

Além disso, Arafat recusou-se a cumprir os acordos que assinou. Em total violação aos acordos, Arafat começou a transformar sua "Força Policial" palestina em uma brigada de infantaria muito bem armada, e começou a treiná-la em estratégias e em manobras militares. O governo de Israel podia ver toda essa preparação ocorrer e não a impediu. Os militares israelenses sabiam que armamento estava sendo contrabandeado, e não fizeram nada para impedir. Alguns dias atrás, os jornais publicaram uma foto de palestinos participando de um funeral em que um deles exibia para o fotógrafo uma arma antitanque, especificamente proibida nos Acordos de Paz de Oslo.

O que está acontecendo? Israel perdeu a vontade de viver? Estão cometendo suicídio coletivo? Acho que não, especialmente quando leio a profecia bíblica onde Deus garante que, quando trouxer Israel de volta a sua terra no fim dos tempos, ele pessoalmente garantirá que nunca mais sejam arrancados dela [Amós 9:14-15]

Assim sendo, o que está acontecendo aqui? Acredito que o Acordo de Paz de Oslo tenha sido o resultado específico da decisão israelense de aniquilar os árabes na próxima guerra árabe-isralense, uma posição explicada por aquele editorial de junho de 1990 de um jornal da imprensa judaica. O Acordo de Paz de Oslo é uma cilada engenhosa para os árabes, na qual estão prestes a cair, para serem então aniquilados.

Agora, pergunte a si mesmo que realidade geográfica um comandante militar preferiria ter se soubesse que logo seria convocado para aniquilar totalmente uma população civil, especialmente se essa população vive bem próximo da sua própria gente? Seria muito melhor que essa população-alvo estivesse fisicamente separada da sua própria população, não seria?

Naturalmente, os palestinos vivem dentro de Israel, e os judeus vivem em grande parte em suas próprias cidades e aldeias. Os Acordos de Paz de Oslo foram redigidos de tal forma a encorajar os árabes a viverem juntos, e ao mesmo tempo levar os judeus a abandonar essas localidades árabes. Quando Hebrom foi entregue à Autoridade Palestina, o jornal local disse que 40.000 árabes viviam ali, e somente algumas centenas de judeus. É esse tipo de densidade populacional que um comandante militar gostaria de ter antes de perpetrar a aniquilação da população-alvo.

Na verdade, um comandante militar desejaria remover 100% da sua própria população das áreas alvejadas imediatamente antes de iniciar a ação de aniquilação. A partir da minha experiência anterior em Inteligência Militar, no tempo em que estive no Exército norte-americano. posso dizer a você que um analista estaria observando exatamente esse tipo de ação ocorrer, pensando que, quando a população minoritária for removida das cidades-alvos, isso seria um sinal que o ataque em larga escala está iminente. Assim, foi com grande tremor que li que o Gabinete do primeiro-ministro Barak ordenou que as Força de Defesa de Israel completem seus preparativos para a "separação física" entre árabes e judeus até 15 de novembro, a mesma data em que Arafat deverá anunciar a formação do Estado Palestino. Se essa separação física envolver a remoção forçada dos cidadãos judeus minoritários das cidades e aldeias onde os palestinos são maioria, você pode ter certeza qe a guerra de aniquilação descrita em Obadias 14-18 está prestes a iniciar.

Mapa da Densidade Populacional Encorajada Pelos Acordos de Paz de Oslo

Vamos examinar estes dois mapas de Israel para que você possa ver como os palestinos foram destinados para a aniquilação física. Em 1947, a porção árabe [mostrada em tonalidade escura] ia contiguamente do centro de Israel, desde o norte até ao sul, e na Faixa de Gaza. Um dos requisitos para uma nação moderna é que ela precisa ocupar um território contíguo. Os árabes tinham esse território contíguo em 1947.


 

Agora, veja a figura da direita, da disposição atual da população árabe dentro de Israel. Observe que os árabes não ocupam um território contíguo, mas estão agrupados em enclaves, grandes e pequenos. Esse tipo de agrupamento populacional é exatamente o que um comandante militar gostaria de ver antes de dar início à guerra de aniquilação! Oslo foi uma cilada muito inteligente, levando os palestinos a se concentrarem em enclaves e desestimulando a população judaica de viver nessas cidades árabes. Os líderes de Israel sabem que o ódio dos árabes pelos judeus é tão intenso que seria impossível para uma minoria judaica viver dentro de um enclave palestino, pois seria perseguida, constrangida e forçada a mudar dali.

Você pode ver como um comandante militar, armado com bombas de Combustão-Aérea sofisticadas poderia aniquilar toda a população palestina nesses enclaves? A chave é a ordem da "separação física" que as Forças de Defesa receberam para cumprir até meados de novembro de 2000. Se essa separação inclui a evacuação forçada dos cidadãos judeus que vivem dentro do enclave árabe, você pode saber que essa aniquilação profetizada por Obadias está prestes a ocorrer. Assim, respondemos nossa terceira pergunta.

Considerações Práticas

Se essa aniquilação dos palestinos for executada utilizando-se as bombas de Combustão Aérea, uma consideração física muito importante seria solucionada. Como a população palestina é de 3 milhões de pessoas, os líderes políticos e militares teriam de resolver o enorme problema do enterro em massa dos cadáveres para evitar a propagação de doenças. As doenças alastradas pelos cadáveres insepultos poderiam facilmente se alastrar e atingir a população judaica. Se a aniquilação fosse realizada com a Bomba de Nêutrons ou com o Feixe de Partículas, os corpos das vítimas cairiam mortos no chão e o processo normal de putrefação iniciaria imediatamente.

No entanto, se a aniquilação for executada com a bomba de Combustão Aérea, os corpos das vítimas ficarão totalmente carbonizados, retardando o início da putrefação, dando assim às autoridades maior tempo para providenciar o enterro coletivo dos cadáveres. Assim, podemos ter quase certeza que a bomba de Combustão Aérea será usada para cumprir totalmente a profecia referente ao fim dos tempos de Obadias 15-18.

Sumário

O mundo está na iminência de testemunhar o início do julgamento da Casa de Esaú [os palestinos], exatamente como Deus diz no livro do profeta Obadias. Essa guerra de aniquilação alastrar-se-á rapidamente, quando a Síria, a Jordânia e o Egito lançarem um ataque total contra Israel, tentando destrui-lo. No entanto, Deus não permitirá que Israel seja derrotado; pode ser que sofra as piores perdas em sua história, mas o país não será destruído. Se Israel for derrotado e destruído, ficará provado que a Bíblia é uma farsa e que mente, e você estará livre para procurar outra religião. O nome e a reputação de Deus estão literalmente em jogo aqui, de modo que você pode apostar que Israel emergirá vitorioso, mais forte e que expandirá suas fronteiras "para possuir suas herdades" [Obadias 17b].

Os Iluministas incluiram essa profecia de Obadias 15-21 dentro de seus planos de produzir o Anticristo, embora não saibam que estejam cumprindo a profecia bíblica. Eles também têm planos de usar essa guerra entre árabes e judeus como a fagulha que dará início à Terceira Guerra Mundial, que produzirá o Anticristo. Outros aspectos dessa Terceira Guerra Mundial incluem:

Guerra na Coréia. A Coréia do Norte atacará a Coréia do Sul utilizando armas de destruição em massa. Quando as forças armadas norte-americanas forem rapidamente mobilizadas e enviadas para socorrer a Coréia do Sul, poderemos ver nossas tropas de reforço serem emboscadas pelos mísseis de teatro de guerra norte-coreanos equipados com ogivas nucleares. Quando isso ocorrer, quero que todos se lembrem da "solução" Clinton/Carter ao programa nuclear da Coréia do Norte. O ex-presidente Carter viajou para a Coréia do Norte e voltou com a "promessa" de que, em algum momento na próxima década, eles "considerariam" realizar cortes no programa nuclear. Essa solução Clinton/Carter deveria ser considerada como a maior burrice na história mundial.

Os chineses comunistas virão diplomaticamente em auxílio da Coréia do Norte, e ameaçarão as cidades norte-americanas com destruição nuclear se socorrermos a Coréia do Sul. A mídia de massa criará uma histeria coletiva tão grande que a profecia de Jesus Cristo se cumprirá: "Haverá homens que desmaiarão de terror e pela expectativa das cousas que sobrevirão ao mundo, pois os poderes dos céus serão abalados." [Lucas 21:26]

Ataque chinês à Taiwan [Formosa]. No artigo N1282 [disponível no site da The Cutting Edge], descrevemos como os Iluministas prometeram à China, em 1952, que teria Taiwan de volta. Enquanto as forças armadas norte-americanas estiverem envolvidas no Oriente Médio e atoladas na Coréia, a China subitamente atacará Taiwan. Como a administração do presidente Clinton permitiu que os chineses obtivessem acesso a todos os segredos militares modernos que quisessem, não deveremos nos surpreender quando a China atacar Taiwan com bombas de nêutrons, aniquilando toda a população de 22 milhões da ilha de Formosa.

Os árabes decretarão um novo embargo do petróleo e grupos terroristas iniciarão ataques contra as cidades norte-americanas. O autor cristão de Nova Era Bill Cooper diz que a cidade de Nova York será um alvo para um ataque árabe usando um artefato nuclear. [Behold a Pale Horse (leia a resenha), pg 177]

As Bolsas de Valores entrarão em colapso em todo o mundo. O pânico reinará supremo. Ocorrerão agitações e saques nas grandes cidades e as forças paramilitares e policiais não conseguirão restaurar a ordem. O presidente anunciará em cadeia nacional de rádio e televisão que nossa Constituição, nossa forma de governo, e nossas liberdades estarão suspensas, até que a calma seja restaurada. Em seguida, anunciará que pedirá que as Nações Unidas enviem tropas para restaurar a ordem e a "paz". Exatamente como planejado, tropas estrangeiras chegarão para assumir as posições que lhes foram atribuídas [Saiba os detalhes lendo o artigo N1270, disponível no site da The Cutting Edge.]

Então, subitamente, do meio dessa guerra, carnificina e pânico inacreditáveis, um "super-homem" espiritual aparecerá no lado oriental de Jerusalém, montado em um jumento, e afirmando ser o Messias. Ele será acompanhado por "sinais e maravilhas" em sua procissão até Jerusalém e ao Monte do Templo. Ali, será entronizado e ungido com azeite [como o Messias], no meio das ruínas do Domo da Rocha [The Armageddon Script (O Roteiro do Armagedom), pg 235]

Observe Jerusalém, porque esse pavio será aceso a qualquer momento. Quando Arafat explodir o Domo da Rocha e lançar a culpa sobre os judeus, você saberá que todo esse cenário se desdobrará imediatamente. O cenário está planejado e os acontecimentos são certos, somente a seqüência poderá ser modificada. Certamente, os sinais estão apontando para o fim dos tempos.

 


Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também pode usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são um tempo em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do espírito de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que Ele é real e que o Fim dos Tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna em Seu Reino, como se já estivesse com Ele.  Se quiser saber como nascer de novo, CLIC AQUI AGORA!!!

No entanto, se a dificuldade está nas doutrinas (de homens) que a sua igreja prega, siga então o último conselho bíblico: Saia dela Povo Meu! Apoc 18:4.

...E, se Eu for e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos tomarei para Mim mesmo, para que onde Eu estiver estejais vós também. João 14:3

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam que Jesus está às portas!!!

Que Deus o abençoe.

 

Clic Aqui para enviar esta Matéria para um amigo!

 

HOME

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

..