Make your own free website on Tripod.com

Monte Sinai

 
22 - Profecias do Messias e seu cumprimento

 

 

 

1. NOSSO POVO judaico tem esperado por muitas gerações pela vinda do Messias. Muitos têm esperado e orado pela libertação por meio dEle ruas, tudo em vão, crendo que Ele tem demorado demais e não virá. Contudo, há alguns - ainda que uns poucos remanescentes - entre o nosso povo judeu que crêem que Ele tem demorado mas que ainda virá. Mas a vasta maioria perdeu a esperança e se desviou da religião de Israel, porque perdeu a fé em Deus. Nosso povo judeu não deveria ter perdido a fé pois o Senhor não nos deixou em ignorância com respeito ao Messias. Ele não somente nos deu as profecias sobre o Messias mas também registrou seu cumprimento nas Santas Escrituras. Portanto, não há necessidade para qualquer um de nós estar em ignorância com respeito ao Messias. Nas Santas Escrituras - a Bíblia - há registrados cerca de 300 pontos da profecia concernente ao Messias. Deus, através do anjo Gabriel, fez saber ao profeta hebreu Daniel o ano em que o Messias viria. Séculos mais tarde o Messias veio, no ano exato designado por Deus.

2. Isto não é mero acidente, porque quando os profetas hebreus escreveram essas profecias, eles o fizeram sob a inspiração de Deus. A Bíblia nos diz que os profetas escreveram conforme eram dirigidos por Ele. Assim, não temos seguido fábulas engenhosamente formuladas, mas a verdade que o próprio Deus estabeleceu em Sua Santa Palavra, a Bíblia. As únicas pessoas que não estão cientes desses grandes acontecimentos são aquelas que têm negligenciado o estudo da Palavra de Deus, para descobrirem o que é a verdade e o que é o erro.

3. Com um coração honesto e uma mente aberta, estudemos as Sagradas Escrituras para ver o que Deus predisse e fez acontecer, com respeito ao Messias. A primeira escritura que leremos agora está no primeiro livro da Torah:

- "0 cetro não se arredará de Judá, nem um legislador de entre seus pés; até que venha Siló; e a ele se ajuntará o povo. Gênesis 49:10 (L).

"Silá" é outra designação para o Messias. Novo povo judeu por séculos tem conhecido que essa escritura se refere a Ele. No Talmude babilônico lemos estas palavras:

"Rab disse: O mundo foi criado somente por causa de Davi; Samuel disse: por causa de Moisés; R. Johanna disse: por amor do Messias. Qual é o seu [do Messias] nome? - A Escola de R. Shila dizia: Seu nome é Silá, pois está escrito, até que venha Siló [Gên. 49:10] - Sanhedrin 98b (vol. 2, pág. 667, da edição Soncino de 1935).

4. Quando Deus declarou que o certo não se apartaria de Judá, Ele quis dizer que o reino de Judá não se separaria até que Siló - o Doador-da-Paz - viesse. Por essas palavras ele queria dizer que a tribo de Judá permaneceria intacta até que viesse o Messias.

5. Nós, judeus, lembramo-nos muito bem da triste história de como perdemos nossa pátria, nosso reino e fomos expulsos para todas as partes do mundo. Nosso exílio mais longe tem durado quase 2.000 anos, e Deus predisse que nós não retornaríamos como uma verdadeira teocracia, até á vinha do Messias nos últimos dias.

 

0 Messias Que Viria de Judá

O próprio fato de que o povo judeu perdeu o seu reino é um dos grandes sinais de que o Messias já veio uma vez. Moisés, sob a inspiração de Deus, escreveu na Santa Torah:

- "O cetro não se apartará de Judá, nem um legislador de entre seus pés; até que venha Siló, e a ele se ajuntará o povo.'' Gênesis 49:10 (L).

Aqui está a prova de Deus de que o Messias veio e que a Sua futura vinda será Sua segunda vinda, não a primeira. A Bíblia é tão impressionante em sua simplicidade que ninguém precisa ser dotado de grande inteligência para entender o seu significado. O Messias - Siló - veio, e a passagem bíblica já mencionada substancia esse fato.

6. Há cerca de 300 pontos de profecia concernentes à vinda do Messias. Algumas delas são as seguintes:

(a) A Bíblia nos diz como o Messias viria a este mundo para redimir o homem.

(b) A Bíblia nos diz quando Ele viria, dando-nos o ano exato de Seu advento.

(c) A Bíblia nos diz onde o Messias faria a Sua primeira aparição neste mundo.

(d) A Bíblia nos diz quem é o Messias e de onde Ele vem. Revela também Seu relacionamento com Deus.

(e) A Bíblia nos dá o nome do Messias, dado pelo próprio Deus.

(f) A Bíblia nos diz a maneira ela qual o Messias viria.

(g) As Sagradas Escrituras apresentam a evidência pela qual podemos saber como o Messias viria.

Estas são apenas alguns poucos pontos das 300 profecias encontradas na Bíblia concernentes ao Messias. O espaço não nos permite apresentá-las todas aqui.

7. Agora, examinemos algumas das profecias. Tome nota desta profecia em que Deus disse através do Seu profeta hebreu:

- "Eis que vêm dias, diz o SENHOR, em que levantarei a Davi um Renovo [ou] justo, e um Rei justo reinará e Ele prosperará, e executará julgamento e fará justiça na terra. Nos seus dias Judá será salvo, e Israel habitará seguro; e este será o seu nome, pelo qual Ele será chamado: O SENHOR Justiça Nossa." Jeremias 23:5, 6 (Heb.). Ver também a tradução de Michael Friediander sobre Jeremias 23:6.

Esta declaração talmúdica com respeito a essa profecia de Jeremias 23:5, 6 é digna de nota: "[Com respeito] ao Messias - está escrito: E este é o nome pelo qual ele será chamado, O Senhor é nossa justiça [Jer. XXIII, 6] - Baba Bathra 75b (pág. 303 da edição Soncino de 1935).

Nessa profecia bíblica este comentário do Midrash é significativo: "Qual é o nome do Rei Messias? R. Abba b. Kahana disse: Seu nome é 'o Senhor'; como é declarado: É este o nome pelo qual ele será, chamado, O Senhor é nossa justiça (Jer. 23:6)." - Midrash Rabbah, sobre Lamentações, capítulo 1, seç. 16, parte 51 (págs. 135, 136 da edição Soncino de 1951).

A palavra "é" no nome do Messias, conforme aparece naquelas traduções, não é encontrada no texto hebraico de Jeremias 23:6, mas foi fornecida pelos tradutores. Note também que a palavra "SENHOR" (Tetragramaton) no verso 5 chama o Messias de "SENHOR" (Tetragramaton) no verso 6. A mente sagaz do Rabi Abba b. Kahana viu que isto era significativo e chamou a atenção para o fato.

Pelo que temos lido da Bíblia, do Talmude e do Midrash, deveria ser muito claro que o Messias é um ser divino chamado, "0 SENHOR nossa justiça."

8. Agora, leiamos o cumprimento desta profecia, conforme registrado no Novo Testamento. Em Mateus 12:23 e 21:9 nós lemos:

 

Messias - Filho de Davi

- "E todo o povo estava maravilhado, e dizia: Não é este o filho de Davi?..." ..E as multidões, tanto as que O precediam, como as que 0 seguiam, gritavam dizendo: Hosana ao Filho de Davi! Bendito é Ele, que vem em nome do Senhor; Hosana... Hosana nas maiores alturas!"

9. Numa passagem das Santas Escrituras temos lido a profecia, e em outro lugar lemos o cumprimento dessa predição concernente ao Messias. É um fato muito significativo que Deus nos disse até como o Messias apareceria neste mundo. Leiamos o seguinte:

- "Pois uma criança do sexo masculino nos é nascida, um Filho nos é dado; e o governo estará sobre os Seus ombros; e Seu nome será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz. Não haverá fim para o crescimento de [Seu] governo e paz sobre o trono de Davi, e sobre Seu reino, para estabilizá-lo e para estabelecê-lo em julgamento e em justiça, desde este tempo até à eternidade: o zelo do SENHOR dos exércitos fará isto." Isaías 9:5, 6 (Heb.).

Aqui nós lemos a profecia de que o Messias nasceria como uma criança neste mundo; e Ele é chamado "O Príncipe da Paz". Esta profecia foi registrada há mais de 700 anos antes de seu cumprimento, antes do tempo em que o Messias deveria nascer neste mundo.

 

Nascido em Belém, Cidade de Davi

Agora leiamos o cumprimento disto, como segue:

- "Havia naquela mesma região pastores que viviam nos campos e guardavam o seu rebanho durante as vigílias da noite. E eis que um anjo do Senhor posse perante eles e a glória do Senhor brilhou ao redor deles; e ficaram tomados de grande temor. E o anjo lhes disse: Não temais; pois eis que eu vos anuncio boas novas de grande alegria, para vós que o será para todo o povo; porque hoje vos nasceu um Salvador, que e o Messias, o Senhor, na cidade de Davi." Lucas 2:8-11 (Gr.).

10. O ponto seguinte da profecia, que também foi escrita há aproximadamente 750 anos antes de seu cumprimento, é encontrado em Isaías 7:14, nestas palavras:

- "Portanto, o Senhor mesmo vos dará um sinal: Eis que a jovem mulher conceberá, e dará à luz a um filho, e ela chamará o seu nome Emanuel." (saías 7:14 (Heb.). O nome "Emanuel" aparece literalmente no texto hebraico como Immanu-El, e significa "Conosco Deus," isto é, "Deus Conosco."

Nessa profecia Deus estava falando ao rei de Judá, mediante cuja linhagem davídica o Messias deveria vir. Os reis da Síria e Israel estavam então planejando fazer guerra contra o Reino de Judá (versos 1-6). O Senhor assegurou ao rei de Judá que a coalizão contra Judá falharia. E ao fazê-lo, Ele lembra ao ímpio rei Acaz de Judá de um evento futuro ainda mais importante - o advento do Messias. Acaz certamente deve ter conhecido que da tribo de Judá e da dinastia do Rei Davi o Messias deveria vir. Isso já havia sido predito em Gênesis 49:9, 10. A tribo de Judá deve ser mantida intacta e deve continuar até que o Messias venha. Portanto, Deus disse a Acaz, rei de Judá:

- "Pede ao SENHOR teu Deus um sinal, quer seja embaixo nas profundezas ou em cima nas alturas." Isaías 7:11 (J).

11. Em outras palavras, Deus disse ao rei: Pede-Me para realizar qualquer milagre, não importa quão difícil seja, e Eu o farei para ti. Fa-lo-ei porque quero que saibas que não te esquecerei. A despeito da disposição de Deus em oferecer ao rei um sinal, o rei recusou-se a pedir um. Isto levou Deus a desagradar-Se do rei de Judá e a declarar:

 

Nascimento de "Deus Conosco"

- "Portanto, o Senhor mesmo vos dará um sinal: Eis que a jovem mulher conceberá e dará à luz a um Filho, e ela chamará o seu nome Emanuel." Isaías 7:14 (Heb.).

12. Por que deveria Deus fazer uma tal revelação, como aquela predita em Isaías 7:14? Por que diria Ele que haveria "um sinal" - um 'oth - algo maravilhoso? Por que o fato de uma mulher dar à luz um bebê menino, algo que ocorre todos os dias e noites, por milhares de anos, seria um acontecimento extraordinário?

Um"cuidadoso exame dessa profecia, especialmente quando é considerada à luz de outras profecias messiânicas dadas a nós através de outros profetas hebreus, indica que este 'oth - sinal ou maravilha - superaria a todos os outros milagres registrados na Bíblia. Esta seria uma coisa singular, semelhante a algo que nunca ocorrera antes ou depois.

Primeiramente, seria um caso de uma jovem mulher dando à luz a um filho humano-divino, um que pudesse ser verdadeiramente chamado "Deus Conosco", o Divino Ser cuja deidade está agora encoberta com carne humana!

Poderia dar-se o caso de que o Rei Messias deveria ser realmente um Redentor divino-humano? Para maior luz sobre essa questão, note a seguinte promessa:

 

Uma Criança Incomum

- "Pois uma criança do sexo masculino nos e nascida, um Filho nos é dado; e o governo estará sobre os Seus ombros; e o Seu nome será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz. Não haverá fim para o crescimento de [Seu] governo e paz sobre o trono de Davi e sobre Seu reino, para estabilizá-lo e para estabelecê-lo em julgamento e em justiça, desde este tempo até à eternidade: o zelo do SENHOR dos exércitos fará isto." Isaías 9:5, 6 (Heb.).

13. Note o nome do Messias tal como aparece nesta transliteração: "Pele-joez-elgibbor-Abi-ad-sai-shalom" em Isaías 9:6 (J).

Traduzido literalmente significa: "Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz."

É necessário dizer mais? O fato da deidade, bem como da humanidade do Messias, está além de discussão. Como o Ser Divino, o Messias existiu desde a eternidade; mas sua humanidade dataria somente a partir do ano de sua encarnação pelo nascimento como "Deus Conosco". Confirmação adicional desta verdade bíblica é encontrada nesta profecia messiânica:

- "E tu, Beth-lehem Efrata, (és) pequena para estar entre as milhares de Judá: de ti sairá para Mim Aquele que será governante em Israel, e Suas origens [têm sido] desde a antiguidade, desde os dias da eternidade." Miquéias 5.1 (Heb.).

Esta escritura nos diz duas coisas: que o Messias faria Sua aparição entre nós na pequena Beth-lehem, a cidade do rei Davi; e que Ele é um ser sem princípio, cuja existência é desde os dias da eternidade.

14. Temos visto até aqui que o Messias seria regente em Israel e que Se sentaria no trono de Seu pai Davi. Contudo, antes que Ele fizesse isto, o que teria de fazer primeiro?

 

Vindo Primeiro Como Sacrifício Pelo Pecado

Em Daniel 9:24 (J) lemos que Ele deveria vir:

- "Para terminar a transgressão, e para dar um fira ao pecado, e para perdoar a iniqüidade e para trazer a justiça eterna, e para selar a visão e profecia, e para ungir o Santo dos Santos."

15. Antes de Sua vinda para reinar como rei, o Messias deve preparar primeiramente um povo para tornar-se súdito de Seu reino. Ele deseja reinar como um santo rei sobre um povo santo. Quando compreendermos este simples fato bíblico, então isto nos capacitará a ver que o Messias deve vir primeiro corno o Servo Sofredor de Deus; e que quando Ele tiver cumprido o Seu propósito nesse papel, então Ele estará preparado para assumir à Sua segunda função como soberano sobre a casa de Israel e reinar como rei sobre o trono de Davi.

16. Agora notemos o cumprimento de Isaías 7:14, como registrado em Mateus 1:21-23.

- "E ela dará à luz a um filho, e tu chamarás o Seu nome de Yeshua; porque Ele salvará o Seu povo cios pecados deles. E tudo isto aconteceu, a fim de que o que fora dito pelo Senhor por intermédio do profeta pudesse ser cumprido, dizendo: Eis que a virgem conceberá em [seu] ventre, e dará à luz um filho, e ele será chamado pelo nome de Emanuel, que é interpretado como 'Deus conosco'." Mateus 1:19-23 (Gr.).

Assim descobrimos que o Messias não foi somente o representante de nosso Pai celestial, mas também um ser divino vindo do céu. Esta é outra maravilha de uma profecia feita cerca de 750 anos antes, e foi cumprida exatamente como Deus disse.

17. Alguns dentre nosso povo judeu perguntam: "Como poderia uma mulher dar à luz uma criança assim?" A Bíblia responde dizendo que, "com Deus todas as coisas são possíveis." Além do mais, não nos esqueçamos de Abraão e Sara. Ela estava com 90 anos de idade e era naturalmente impossível ter um filho naquela idade. Abraão tinha então 100 anos de idade. Contudo, Deus disse que, embora ela nunca houvesse tido um filho, mesmo naquela avançada idade daria à luz uma criança. Todos conhecemos a história bíblica de como Sara milagrosamente deu à luz a (saque. Além disso, perguntemos: Como Deus criou o homem, no princípio? Em Génesis 2:7 (J) a Bíblia declara:

- "Então o SENHOR Deus formou ao homem do pó da terra, e lhe soprou nas narinas o fôlego de vida; e o homem passou a ser alma vivente."

Se Deus pôde fazer o homem do pó da terra, então por que Ele não poderia tomar o Príncipe do Universo, o Messias, e revesti-Lo com carne humana no ventre de uma virgem? Lembre-se das palavras da Bíblia de que, com Deus, todas as coisas que Ele decide fazer são possíveis. A encarnação do Ser Divino como o Messias nascido entre nós deveria ser uma ocorrência sobrenatural, e não um nascimento natural, como a sagrada profecia havia predito.

18. Agora, para ver a prova disso, notemos outra profecia. Uma vez que o capítulo inteiro de Isaías 53 é escrito com respeito ao Messias, leiamos os versos 1 e 2 (H):

- "Quem creu em nossa descrição? E a quem foi revelado o braço do SENHOR? Porque Ele [Messias] cresceu perante Ele [Deus] como uma delicada planta, e como uma raiz brotando de uma terra seca.

0 primeiro verso de Isaías 53 (H) revela a maneira pela qual o Messias seria recebido. "Quem creu em nossa descrição?

0 Senhor, por meio de Seu profeta Isaías, está falando a Seu próprio povo hebreu, e pergunta:

"Quem creu em nossa descrição?"

Consideremos o povo judeu ao redor do mundo hoje. Quantos crêem no Messias? Quantos crêem nessa descrição?

Uma vez que Deus sabia que nosso povo, como nação, ignoraria ou rejeitaria essa descrição, Ele faz esta pergunta:

"Quem creu em nossa descrição, e a quem foi revelado o braço do Senhor?" (H). Em outras palavras, a quem é revelado o plano de salvação mediante o Messias? Quem crê nisso? Certamente, com tais palavras como estas escritas em nossa Santa Bíblia é alto tempo para que nós, o povo judeu, reconsideremos nossa posição sobre o Messias e releiamos essas profecias para descobrir a quem elas se aplicam.

19. Ao continuarmos a ler Isaías 53, descobriremos que o palavreado desse capítulo na Bíblia hebraica, comumente chamada de Velho Testamento, assemelha-se muito ao do Novo Testamento.

A profecia continua: "Como uma tenra planta, e corno uma raiz que brota do solo, Ele cresceu perante o SENHOR." Verso 2 (Heb.).

Que significa isso? Significa que o Amado do Céu era para Seu próprio povo "como uma raiz saída de uma terra seca." Para Seu próprio povo Ele não tinha aparência nem beleza, para que despertasse nosso interesse. Nenhuma beleza com a qual nos deleitássemos nEle. Essa foi nossa atitude para com Ele. Essa foi a atitude de nossos antepassados para com Ele. Essa é a atitude de muitos para com Ele. Notemos o cumprimento dessa profecia, que foi escrita há

mais de 700 anos antes de seu cumprimento. Descobrimos no registro histórico que quando chegou o tempo para o Messias nascer, o Senhor escolheu a uma jovem mulher para ser Sua mãe, e Ele enviou um anjo para notificá-la a respeito de Seu propósito para com ela. Eis o que Ele disse:

- "Maria [Míriam] não temas: porque achaste graça diante de Deus. Eis que, conceberás no teu ventre e darás à luz um filho a quem chamarás pelo nome de Yeshua.., Este [criança] será grande e será chamado Filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu antepassado, e ele reinará para sempre sobre a casa de Jacó, e o seu reinado não terá fim.

- "Então disse Maria ao anjo. Como será isto, pois não tenho relação com homem algum? E respondendo, o anjo disse a ela: Descerá sobre ti o Espírito Santo e o poder do Altíssimo te envolverá com a sua sombra; por isso também o Santo Ser que há de nascer, será chamado Filho de Deus." Lucas 1:30-35 (Gr.).

Vemos que o testemunho do Novo Testamento, com respeito ao Messias, foi baseado nas Escrituras do Velho Testamento. Todas as Suas reivindicações quanto ao messiado foram baseadas nos Escritos Sagrados dos profetas hebreus.

20. Mais de 700 anos antes de o Messias nascer, o profeta Miquéias, o qual citamos acima na seção 10, profetizou que o Messias nasceria na cidade de Bethlehem (Belém).

0 cumprimento da profecia de Miquéias 5:1 é registrada como um evento histórico, deste modo:

- "E Yeshua tendo nascido em Belém da Judéia, nos dias do rei Herodes.... E o rei Herodes, tendo ouvido isso, perturbou-se e, toda Jerusalém com ele; e tendo convocado todos os principais sacerdotes e escribas do povo, perguntou-lhes onde o Messias deveria nascer. E eles lhe disseram: Em Belém da Judéia; porque assim está escrito por intermédio do profeta: E tu, Belém, na terra da Judéia, não estás de modo algum entre as menores dos governadores de Judá; porque de ti sairá o Guia que há de apascentar a Meu povo, Israel." Mateus 2:1, 3-6 (Gr.).

- "E havia pastores na mesma região, alojados nos campos, e vigiando à noite os seus rebanhos. E eis que um anjo do Senhor posse em pé diante deles, e a glória do Senhor brilhou ao redor deles; e eles temeram com grande temor. E o anjo disse a eles: Não temais; pois eis que eu vos anuncio boas novas de grande alegria, que o será para todo o povo; porque vos nasceu hoje um Salvador, que é Messias o Senhor, na cidade de Davi." Lucas 2:8-11 (Gr.).

21. Agora tomemos nota de outra profecia que mostra quem é o Messias e qual é a Sua relação com Deus. Neste propósito, lemos:

- "Os reis da terra se reúnem, e os dirigentes tomam conselho juntos contra o SENHOR, e contra o Seu Ungido [em hebraico Mashiach, 'Messias'] ... Ele que se assenta nos céus se rirá; o Senhor os terá em desprezo.... eu proclamarei o decreto: o SENHOR Me disse: Tu és Meu Filho; Eu hoje Te gerei." Salmo 2:2, 4, 7 (H).

0 Talmude declara: "Nossos rabinos ensinaram: 0 Santo, bendito seja Ele, dirá ao Messias, o filho de Davi (Possa Ele se revelar prontamente em nossos dias!). Pedi de Mim qualquer coisa, e Eu a darei a Ti, como é dito, eu proclamarei o decreto, etc. Eu hoje Te gerei, pede-Me, e Eu Te darei as nações por tua herança." - Sukkah 52a (pág. 247 da edição Soncino de 1938).

Portanto, nos é dito também: "A aplicação da expressão 'filho de Deus' ao Messias baseia-se principalmente no Sal. II. 7 e as outras passagens messiânicas, acima citadas." - The Jewish Encyclopedia, vol. 11, pág. 461, art. "Son of God" (Filho de Deus).

Assim encontramos o SENHOR, Deus o Pai, chamando ao Messias, "Meu Filho." Desse modo, o Messias é divinamente referido como o Filho de Deus. Agora notemos como isso foi confirmado, mil anos depois que o Salmo 2 foi escrito. No registro histórico é declarado que quando o Messias saiu da água após ter sido imerso por João:

- "E eis uma voz dos céus, dizendo: Este é Meu Filho amado, em quem Me comprazo." Mateus 3:17.

Muitos dentre nosso povo judeu reconheceram o cumprimento das promessas messiânicas que Deus havia feito a Israel através de Seus profetas, e a mensagem foi espalhada até fora do país:

- "Nós vos anunciamos as boas novas concernentes à promessa feita a nossos pais, e que Deus a cumpriu plenamente a nós, seus filhos, ressuscitando a Yeshua, como também está escrito no Salmo segundo: Tu és Meu Filho, Eu hoie Te gerei." Atos 13:32, 33 (Gr:).

 

"Yeshua"Significa "A Salvação de Deus"

22. 0 nome " Yeshua" foi dado ao Messias porque Deus propôs-Se a livrar Seu povo da penalidade e poder do pecado por meio dEle.

Quando o anjo do Senhor falou com respeito a Maria e o nascimento do Messias como seu filho, ele disse: "Aquele nela [no ventre] é gerado do Espírito Santo. E ela dará à luz um filho, e chamarás Seu nome Yeshua, pois Ele salvará Seu povo de seus pecados." Mateus 1:23 (Gr.).

 

Predito o Ano de Seu Aparecimento

23. Na Lição 20 já estudamos a profecia que revela o ano do aparecimento do Messias entre o povo escolhido de Deus. Aquela profecia foi dada há mais de 500 anos antes que Seu aparecimento tivesse lugar. É registrada nestas palavras concernentes às 70 semanas proféticas determinadas à Jerusalém e à nação judaica:

- "Sabe e entende: Desde a saída da ordem para restaurar e para reconstruir Jerusalém até o Príncipe Messias [serão] sete semanas e 62 semanas." Daniel 9:25 (Heb.).

Conforme explicado no estudo anterior intitulado "A Profecia dos 490 Anos", na Lição 20 mostramos que, de acordo com Esdras, sétimo capítulo, a ordem ou decreto para o povo judeu completar a restauração e reconstrução de Jerusalém saiu no outono de 457 A. E. C. Ver também Esdras 6:14.

24. Agora, voltando ao texto, notamos que desde a saída desse decreto seriam sete semanas (de anos) e 62 semanas (de anos), o que nos dá um total de 69 semanas. Uma vez que há sete anos numa semana de anos, sete vezes 69 totalizaria 483 anos. Também, de acordo com Ezequiel 4.6 e Números 14:34, na profecia bíblica um dia simbólico representa um ano. Assim, esses 483 dias proféticos representam 483 anos literais. Acrescentando os 483 anos ao outono de 457 A. E. C., chegamos ao outono de 27 E. C. (comumente conhecido como 27 A. D.). No outono de 27 E. C. encontramos a Yeshua, o Messias, indo ao rio Jordão. Note este registro do cumprimento dessa profecia de tempo:

- "Então Yeshua veio da Galiléia a João, no Jordão, para ser imergido por ele. Mas ele [João] O proibiu, dizendo: Eu é que preciso ser imerso por Ti, e Tu vens a mim? E respondendo, Yeshua lhe disse. Permite [-o] agora; porque assim nos convém cumprir toda a justiça. Então ele O permitiu. E tendo sido imerso, Yeshua saiu imediatamente da água; e eis que os céus foram abertos, e Ele viu o Espírito de Deus descendo como uma pomba, [e] vindo sobre Ele. E eis uma voz dos Céus, dizendo: Este é Meu Filho amado, em quem Me comprazo." Mateus 3:13-17 (Gr.).

Não muito tempo depois, João ''vê Yeshua vindo para ele, e diz: Eis o Cordeiro de Deus, Aquece que leva o pecado do mundo!" João 1:29 (Gr.).

25. Assim foi cumprida a profecia dos 483 anos, indicando quando o Messias apareceria para começar Seu ministério público de três anos e meio, após o que oferecer-Se-ia como um sacrifício pelos pecados do povo. O Talmude parece confirmar o fato de que o Messias deveria ter vindo 4.000 anos após a criação. Note esta declaração:

"O Tanna debe Eliyyahu ensina: O mundo deve existir 6.000 anos. Nos primeiros 2.000 anos havia desolação; por 2.000 anos a Torah floresceu; e os próximos 2.000 anos serão a era messiânica mas. por nossas muitas iniqüidades, todos esses anos têm sido perdidos." - Sanhedrin 97a e 97b (vol. 2, pág. 657 da edição Soncino de 1935). A nota de rodapé, editorial n. 10 na mesma página comenta: "isto é o Messias virá dentro desse período." E a nota de rodapé n. 11 acrescenta: "Ele deveria ter vindo no inicio dos últimos dois mil anos; a demora é devida aos nossos pecados."

De acordo com a Santa Palavra de Deus, a Bíblia, o Messias veio há quase 2.000 anos atrás; e de acordo com o Talmude, Ele deveria ter vindo nesse tempo.

 

Sua Entrada em Jerusalém

26. Agora, note mais algumas outras profecias e seus cumprimentos, tal como são registradas abaixo:

Profecia: "Alegra-te muito, ó filha de Sião, exulta, 6 filha de Jerusalém; eis aí te vem o teu Rei, justo e tendo salvação: Ele (é) humilde e montando um jumento, e sobre um potro, cria de uma jumenta." Zacarias 9.9 (Heb.).

Cumprimento: "E os discípulos, indo e fazendo como Yeshua lhes havia instruído, trouxeram a jumenta e o potro, e os cobriram com seus mantos; e Ele assentou-se sobre eles. E a mui grande multidão estendeu os seus mantos pelo caminho, e outros cortavam ramos de árvores, espalhando (-os). pela estrada. E as multidões, tanto as que O precediam, como as que O seguiam, clamavam dizendo: Hosana ao Filho de Davi; bendito O que vem em nome do Senhor; Hosana nas mais altas (alturas)." Mateus 21:6-9 (Gr.).

No Talmude é dito com respeito ao Templo: "Contudo, Zacarias profetizando nos dias do segundo [Templo], proclamou: Alegra-te muito, 6 filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém; eis ai te vem o teu Rei! Ele é justo e tendo salvação; humilde e montando um jumento, e sobre um potro, cria de uma jumenta. ' [Zacarias 9.9]. - Sanhedrin 99a (vol. 2, pág. 669, da edição Soncino de 1935).

"Semelhantemente será com o último Redentor," diz um tratado do Midrash, "como é declarado, humilde e montando um jumento (Zac. IX, 9)." - Midrash Rabbah, sobre Eclesiastes, cap. 1, seç. 9, parte 1 (pág. 33 da edição Soncino de 1939).

 

Vendido por Trinta Peças de Prata

27. Este evento foi predito no sexto século A. E. C.:

Profecia: "Eu lhes disse: Se vos parece bem, dai-me o meu preço; e se não, abstende-vos de o fazer. Pesaram, pois, por meu preço trinta peças de prata." Zacarias 11:12 (H).

Cumprimento: "Então um dos doze, chamado Judas Iscariotes, foi ter com os principais sacerdotes e lhes disse: O que me dareis, e eu O entregarei a vós? E eles o combinaram com ele, por trinta peças de prata." Mateus 26:14, 15.

 

Traído por um Amigo

28. Este evento foi predito há cerca de 1000 A. E. C.:

Profecia: "Com efeito, não (foi) um inimigo que Me afrontou: ou Eu o teria suportado; nem foi o Meu adversário que se exaltou contra Mim, ou Eu Me teria escondido dele. Mas (foste) tu, um homem como Meu igual, Meu companheiro e Meu amigo familiar, quando tomamos doce conselho juntos (e) nós andamos com a multidão, na casa de Deus." Salmo 55:12-14 (Heb.). Ver também Salmo 41:10; Zacarias 13:6.

Cumprimento: "E imediatamente, aproximando-Se Yeshua, ele [Judas Iscariotes] disse: Salve, Rabi, e ele carinhosamente O beijou. E Yeshua lhe disse: Amigo, a que [missão] vieste? Então, aproximando-se, eles puseram as mãos em Yeshua e O prenderam." Mateus 26:49, 50 ((N-r)

 

Dinheiro Atirado ao Oleiro na Casa do Senhor

29. Este acontecimento foi predito no sexto século A. E. C.:

Profecia: "Então o SENHOR Me disse: Atira-o ao oleiro; um magnífico preço em que Eu fui avaliado por eles. E eu tomei as trinta peças de prata, e as atirei ao oleiro, na casa do SENHOR." Zacarias 11:13 (H).

Cumprimento: "E ele [Judas] atirou ao chão as peças de prata, no Templo, e retirou-se, e foi enforcar-se. E os principais sacerdotes tomaram as peças de prata.... E eles se consultaram e compraram com elas o campo do oleiro." Mateus 27:5-7. Ver também versos 9 e 10.

 

Discípulos O Abandonaram

30. Isto foi predito no sexto século A. E. C.:

Profecia: "Fere o pastor, e as ovelhas serão dispersas." Zacarias 13:7 (J).

Cumprimento: "Todos os discípulos O abandonaram [a Yeshua], e fugiram." Mateus 26:56. Ver também Marcos 14:27.

 

Desprezado por Seu Povo

31. Esta trágica ocorrência foi profetizada no oitavo século A. E. C.:

Profecia: "Ele [Yeshua] era desprezado,

e rejeitado pelos homens; um Homem de dores e conhecedor do que é sofrer; e nós como que escondemos dEle nossas faces: Ele era desprezado, e dEle não fizemos caso." Isaías 53:3 (F).

Cumprimento: "Ele [Yeshua] veio para os que eram Seus, e os Seus não O receberam." João 1:11.

 

Acusado Por Falsas Testemunhas

32. Este acontecimento foi predito há cerca de 1000 A. E. C.:

Profecia: "Falsas testemunhas se levantaram contra Mim; elas questionaram (Me) sobre aquilo que Eu não sabia. Salmo 35:11 (Heb.).

Cumprimento: "E, os principais sacerdotes e todo o Sinédrio, buscaram testemunhas falsas contra Yeshua, a fim de que pudessem levá-Lo à morte, e não acharam muitas testemunhas falsas para se apresentarem. E mais tarde duas, aproximando-se, declararam. Este homem disse: Eu sou capaz de destruir o Templo de Deus e, em três dias, construir (lo)." Mateus 26:59, 60 (Gr.).

 

Surrado e Cuspido

33. Este acontecimento foi predito no oitavo século A. E. C.:

Profecia: "Eu dei Minhas costas aos açoitadores e Minhas faces aos que Me arrancavam os cabelos; Eu não escondi o Meu rosto dos que Me afrontavam e Me cuspiam." Isaías 50:6 (J).

Cumprimento: "Então cuspiram-Lhe em Seu rosto e O esbofetearam; e outros O batiam com as palmas de suas mãos." Mateus 26:67.

 

Mudo Perante Seus Acusadores

34. Essa atitude foi revelada há cerca de 712 A. E. C.:

Profecia: "Ele foi oprimido e humilhado, e Ele não abriu a Sua boca; como cordeiro foi levado ao matadouro, e mudo como uma ovelha perante seus tosquiadores, Ele não abriu a Sua boca." Isaías 53:7.

Cumprimento: "E quando Ele foi acusado pelos principais sacerdotes e anciãos, nada respondeu. Então Lhe falou Pilatos: Não ouves quantas coisas eles testemunham contra ti? E Ele não lhe respondeu nem uma palavra; perante o que o governador se maravilhou grandemente." Mateus 27:12-14.

 

Machucado e Ferido

35. Este fato foi retratado no oitavo século A.E.C.:

Profecia: "E Ele (foi) ferido por causa de nossas transgressões, Ele foi machucado por causa de nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz (era) sobre Ele, e pelos Seus açoites temos sido curados." (saías 53:5 (Heb.).

Cumprimento: "Tendo açoitado a Yeshua, ele (Pilatos) O entregou para que Ele pudesse ser crucificado. Então os soldados,... tendo trançado uma coroa de espinhos, puseram (ela) na Sua cabeça,etc. Mateus 27:26, 29 (Gr.).

 

Suas Forças O Abandonaram

36. Isto foi profetizado há cerca de 1000 A. E. C.:

Profecia: "Meus joelhos estão fracos por causa do jejum, e Minha carne vacila de magreza." Salmo 109:24 (H).

Cumprimento. "E Ele, carregando Sua cruz, foi adiante." João 19:17. "Eles O conduziram [a Yeshua] , (e) agarrando a Simão, um certo cirineu que vinha do campo, puseram sobre ele a cruz, para a carregar atrás de Yeshua." Lucas 23:26 (Gr.).

O Messias estava assim tão fraco que Seus joelhos cederam sob o peso da pesada cruz. Assim, tiveram que colocá-la sobre outro, para a levar.

 

Mãos e Pés Perfurados

37. Uma dessas duas declarações foi escrita há cerca de 1000 A. E. C. e a outra há cerca de 500 A. E. C.

Profecia: "A assembléia dos ímpios Me envolveu, Eles perfuraram Minhas mãos e Meuspgs." Salmo 22:17 (H).

"E ele,.S olharão para Mim a quem traspassaram." Zacarias 12:10 (Heb.). "E alguém dirá a Ele: Que feridas são essas nas Tuas mãos? Então Ele responderá: Aqueles com os quais eu estava (Me) feriram na casa dos Meus amigos." Zacarias 13:6 (J).

Cumprimento: "Portanto, ele [Pilatos] entregou-O [a Yeshua] a eles para ser crucificado; e Ele carregando a cruz por Si mesmo, seguiu para o lugar denominado Caveira, que é chamado Gólgota em Hebraico, onde eles O crucificaram.... E essas coisas aconteceram para se cumprir a Escritura: Nenhum dos Seus ossos será quebrado. E, novamente, outra Escritura diz: Eles olharão Àquele a quem traspassaram." João 19:1618, 36, 37 (Gr.).

 

Oração Por Seus Perseguidores

38. Esta declaração foi feita há mais de 700 anos A. E. C.:

Profecia: "[Ele] fez intercessão pelos transgressores." (saías 53:12 (J).

Cumprimento: ' ;E Yeshua disse: Oh, Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que estão fazendo." Lucas 23:34 (Gr.).

 

As Pessoas Sacudiam Suas Cabeças

39. Isto foi predito em torno de 1000 A. E. C.:

Profecia: "Eu Me tornei também em vergonha perante eles; quando eles olharam para mim eles sacudiram suas cabeças." Salmo 109:25 (H).

Cumprimento: "E aqueles que passavam para o insultar [a Yeshua], sacudindo suas cabeças." Mateus 27:39.

 

As Pessoas O Ridicularizaram

40. Esta profecia foi escrita em torno de 1000 A. E. C.:

Profecia: "Ele confiou no SENHOR que O livraria. deixai-O livre, já que tem prazer nEle. Salmo 22:8 (H).

Cumprimento: "De igual modo, também os principais sacerdotes zombavam dEle [Yeshua], com os escribas e anciãos e diziam: Ele confiou em Deus, deixai-O salvá-Lo agora se Ele (Deus) O aprecia (a Yeshua)." Mateus 27:41, 43.

 

As Pessoas O Contemplaram

41. Esta predição foi feita em torno de 1000 A. E. C.:

Profecia: "Eles olharam e Me contemplaram." Salmo 22.18 (H).

Cumprimento: "E o povo permaneceu de pé, contemplando." Lucas 23:35.

 

Messias Para Morrer Por Nós

42. Esta profecia foi feita no oitavo século A. E. C.:

Profecia: "Ele (foi) trazido como o cordeiro ao matadouro.... Ele verá o (fruto do) trabalho de Sua alma; ... as iniqüidades deles Ele suportará." Isaías 53:7, 11 (Heb.).

Cumprimento: "Ele [Yeshua) apareceu para eliminar o pecado por meio de Seu próprio sacrifício.... Assim, também o Messias, tendo sido oferecido uma vez para suportar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que O aguardam para a salvação." Hebreus 9:26, 28 (Gr.).

43. Esta declaração foi feita em torno de 1000 A. E. C.:

Profecia: "Pois Tu não deixarás Minha alma na tumba; nem permitirás que o Teu Santo veja corrupção." Salmo 16:10 (F).

Cumprimento: "Davi... vendo de antemão, falou com respeito à ressurreição do Messias, que nem foi deixado na sepultura, nem Sua carne experimentou corrupção. A este Yeshua o Messias, Deus ressuscitou, do qual todos nós somos testemunhas." Atos 2:29-32. (Gr.). "E respondendo, o anjo disse às mulheres: Não temais; porque eu sei que buscais a Yeshua, o que foi crucificado. Ele não está aqui, porque foi ressuscitado, como Ele havia dito. Vinde e vede o lugar onde Ele jazia. E indo depressa, e dizei aos Seus discípulos que Ele foi ressuscitado dos mortos.... E retirando-se apressadamente do sepulcro, tomadas de medo e grande alegria, correram a anunciá-lo aos discípulos. E eis que Yeshua veio ao encontro delas, e disse: Salve! E elas, aproximando-se, abraçaram-Lhe os pés, e O adoraram." Mateus 28:5-9. (Gr.).

44. Nessa lição estudamos algumas das mais maravilhosas profecias concernentes ao Messias, e seus cumprimentos. Devemos ter em mente o lato de que há mais de 300 pontos de profecia com respeito a Ele. Assim, apenas começamos a tocar no vasto número de profecias que se acham na Bíblia, para provar que o Messias já veio e que Ele não era nenhum outro senão aquele nomeado pelo próprio Deus, Yeshua, o Messias.

45. Este mesmo Yeshua tem tido uma tão maravilhosa influência sobre o mundo que Ele dividiu os séculos em duas partes. Tudo antes dEle é datado A. E. C. pelo povo judaico, e A. C. pelos gentios. Tudo depois dEle é datado E. C. pelo povo judeu, e A. D. pelos gentios. Assim, o Messias foi um personagem tão poderoso, o Filho do Deus vivo, que todas as datas são indicadas antes ou depois dEle. Toda a história gira em torno de Seu nome.

46. Aquele que morreu por nossos pecados, para que mediante Ele pudéssemos ser vida eterna, é o maior personagem hoje em toda a história humana. Os mais ilustres dos homens são apenas pigmeus em comparação com Yeshua, o Messias. Toda a profecia aponta para o breve retorno de nosso Messias judaico, que não mais virá para morrer por nossos pecados mas, desta vez, virá para levar-nos ao Seu reino eterno, onde nunca mais conheceremos novamente a morte e onde o pecado e os pecadores não mais existirão.

 

INSTITUTO DA HERANÇA JUDAICA

Caixa Postal: 60836 - AG. C. Limpo

CEP  05788-360  /  São Paulo - SP

 

HOME